sábado, 26 de março de 2011

Hervé Leger diz não se inspirar por tops atuais, muito magras

Ao vender sua empresa ao grupo BCBG Max Azria, em 1999, o estilista francês Hervé Léger perdeu o controle da marca e conseqüentemente, o direito de usar seu nome. No ano seguinte, voltou à moda com a grife Hervé L. Leroux, na qual ele ainda exerce a direção criativa, mas sem desfilar em semanas de moda.

O estilista disse ao site da “Vogue” inglesa que prefere não realizar desfiles por não encontrar modelos inspiradoras. “Se eu precisasse voltar para as passarelas, eu entraria em pânico, acho as modelos muito magras e tristes. Sem contar que eu estive na era de grandes modelos como Linda Evangelista e Cindy Crawford, que tinham muita vida e estavam sempre sorrindo”, disse.

“Hoje, você vai aos desfiles e vê exatamente os mesmos tipos de garotas. Elas simplesmente não me inspiram”, disse Hervé Leger, que apresenta três coleções anuais em seu showroom, apenas para compradores.

Cindy Crawford, famosa modelo dos anos 90 
Gostaram???? Espero que sim :D Mil Beijos

Nenhum comentário: